A única coisa que brilhava era a luz do mp3; Que se ouvia, era a música que este reproduzia e que num espaço de segundos se sentia, eram as lágrimas frias a escorrer pelo rosto seco.
Foi assim...

23h:56min
18-04-2010

Sem comentários:

Enviar um comentário